IN SAJ

Como a tecnologia aumenta a arrecadação da sua procuradoria

3 canais que produzem vídeos de Direito para Procuradorias ficarem de olho

3 canais que produzem vídeos de Direito para Procuradorias ficarem de olho

vídeos de direito para procuradorias

Engana-se quem pensa que, depois da aprovação em um concurso público, procuradores devem parar de estudar. Nesta carreira, assim como em todas as outras do Direito e da Justiça, a necessidade de atualização é constante.

Pensando no dinamismo do ordenamento jurídico, selecionamos três canais que produzem vídeos de Direito de qualidade que podem servir para a reciclagem dos servidores lotados em Procuradorias.

Em vigor desde 2015, o novo Código de Processo Civil (CPC) é um dos principais exemplos de que procuradores e procuradoras precisam estar sempre por dentro das novidades, que podem ser encontradas em canais de vídeos de Direito. Afinal, as matérias jurídicas estão em constante mudança, o que invariavelmente obriga os advogados públicos a buscarem um conhecimento jurídico que nem sempre é ministrado durante o bacharelado.

Leia também: Diagnóstico da Advocacia Pública Municipal

Também é preciso estar atento, por exemplo, à produção legislativa e às decisões de Tribunais. Além de, é claro, ter uma formação de qualidade em Direito Constitucional e Tributário. São sobre essas duas matérias jurídicas, que existem mais vídeos de Direito disponíveis na internet, embora a maioria seja voltado a quem ainda almeja ser procurador.

Nesse contexto, os vídeos de Direito – e outros conteúdos produzidos e disponibilizados na internet – podem ser aliados dos profissionais em busca da autocapacitação. Isso porque, frente a tanto trabalho que se impõe diariamente, é comum que procuradores tenham pouco tempo para buscar atualização em cursos e até na academia. Por outro lado, podem construir pró-ativamente uma rotina de busca por conhecimento que, hoje em dia, está mais acessível na web.

Leia também: Tudo o que você deve saber sobre honorários sucumbenciais na advocacia pública

Abaixo, selecionamos três canais que podem te inspirar:

1. Saber Direito

O Saber Direito é um programa da TV Justiça, que também pode ser acessado por meio do Youtube em um canal específico. É voltado para a extensão e o aprofundamento dos conhecimentos jurídicos, por meio de cursos, debates e perguntas e respostas, principalmente relacionados às matérias constitucionais, penais e do trabalho. Os vídeos têm uma linguagem didática que pode ser interessante para estudantes e profissionais no início da carreira.

As aulas são divididas em vídeos de mais ou menos uma hora. Os conteúdos são apresentados por professores de Direito. Há, ainda, recursos audiovisuais, entrevistas de rua, videografia e interatividade.

Na televisão, os programas inéditos são exibidos de segunda a sexta-feira, sempre às 8h. Acontecem, ainda, reprises durante todos os dias da semana, mas às 23h30min. A versão de debate, por sua vez, é transmitida pela primeira vez aos sábados às 8h e reexibida aos domingos às 10h. Por fim, o Saber Direito Responde passa nos domingos às 11h30min.


Link para acessar: https://www.youtube.com/user/SaberDireito/

2. Clube do Direito

O Clube do Direito é uma espécie de Netflix de temas jurídicos. Por meio do pagamento de uma mensalidade (R$ 50), são disponibilizados aos assinantes um curso (com até quatro horas de duração) e três palestras (de aproximadamente 1h30min) a cada mês. Os temas dos vídeos de Direito também são bastante variados, mas geralmente são privilegiados aqueles que geram debate e atualização jurídica.

A plataforma convida especialistas nos assuntos para ministrarem os cursos. Ao final de cada um deles, há um simulado para garantir que os participantes fixaram os conteúdos. Apesar do formato parecer ser voltado a estudantes, as temáticas também prometem agradar os profissionais já atuantes no universo do Direito e da Justiça. Um exemplo é a abordagem do controle não jurisdicional de constitucionalidade.

Link para acessar: https://www.clubedodireito.com/

3. AGU Explica

Por meio da hashtag #AGUExplica, a Advocacia-Geral da União produz vídeos de Direito bastante acessíveis sobre as mais variadas matérias. A instituição dialoga, principalmente, com o público em geral, mas também aborda questões que competem às Procuradorias, como protesto de títulos e o novo CPC. Os conteúdos são disponibilizados no canal AGUBrasil, no Youtube.


Link para acessar:
https://www.youtube.com/user/AguBrasil

 

Vídeos de Direito e outros formatos

Ainda que não produzam especificamente vídeos de Direito, existem outros dois sites que merecem ser citados por disponibilizarem um conteúdo que pode servir de atualização para os procuradores.

O primeiro deles é o Dizer o Direito, que comenta a jurisprudência de quase todas as matérias e ainda aponta as novidades legislativas. Em uma versão para assinantes, o portal também oferta um buscador de jurisprudência — que pode complementar àquele disponível no SAJ Procuradorias — e um podcast.

Já o site Direitos Fundamentais traz a discussão de temas relevantes do Direito Constitucional. O endereço é alimentado por George Marmelstein, juiz federal e doutor em Direito pela Universidade de Coimbra, em Portugal.

Links para acessar:

https://www.dizerodireito.com.br/

https://direitosfundamentais.net/

E aí, gostou das recomendações? Organize um cronograma periódico de estudos que contemple os vídeos de Direito. Isso irá te ajudar a lidar com o dinamismo dos conteúdos jurídicos.

Se ficou com alguma dúvida, não deixe de entrar em contato conosco. Também assine a newsletter do InSAJ para receber conteúdo atualizado sobre as Procuradorias.

Comentar

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados *