IN SAJ

Como a tecnologia aumenta a arrecadação da sua procuradoria

Tecnologia para Procuradorias ajuda na excelência de gestão

Tecnologia para Procuradorias ajuda na excelência de gestão

tecnologia para Procuradorias

Mesmo diante do impacto negativo ocasionado pela crise financeira no setor público, muitos municípios brasileiros executaram ações que contribuíram para o aumento da arrecadação fiscal e, por consequência, para a melhoria da gestão. A maioria dos municípios que conquistaram esse feito apresenta algo em comum: a adoção de tecnologia para Procuradorias. A utilização de sistemas de gestão para Procuradorias promove a modernização da gestão pública e a democratização do acesso à Justiça.

Do físico para o digital com a tecnologia para Procuradorias

A popularização do uso de soluções tecnológicas impulsionou a transição do processo judicial físico para o meio digital, proporcionando a automatização das atividades nas prefeituras e Procuradorias. Com isso, obteve-se maior celeridade, redução de custo processual, gerenciamento de prazos e rastreabilidade dos processos.

Outra razão está no fato de a maioria dos integrantes das Procuradorias Municipais, terem iniciado suas atuações na gestão pública a partir do ano 2000. Esta é uma avaliação do Ministério da Justiça no Diagnóstico da Advocacia Pública no Brasil (p. 171). Essa realidade refletiu positivamente na adoção de tecnologia para Procuradorias por causa da familiaridade que os profissionais têm em utilizar ferramentas inovadoras para desempenhar seu trabalho.

Tecnologia para Procuradorias: fator de sucesso na gestão pública

O uso da tecnologia para Procuradorias é considerada uma das práticas ideais adotadas pelos melhores procuradores. Ao incorporar um sistema de gestão em sua rotina, procuradores municipais podem reafirmar seu protagonismo a partir de práticas efetivas para a gestão da Procuradoria.

A atuação eficaz do procurador é extremamente relevante para a prefeitura, principalmente ao evitar perda na arrecadação municipal. Com mais dinheiro em caixa, os governantes podem atuar nos projetos em andamento e investir em ações estipuladas nos programas de governo.

Nesse sentido, é primordial que as Procuradorias sejam mais ágeis no ajuizamento de ações de Dívida Ativa. A adoção do processo digital ajuda a combater a morosidade do Judiciário, mas também é preciso implementar outras boas práticas que podem trazer mais agilidade. Além disso, é importante identificar e planejar ações que possam ser incorporadas às atividades da Procuradoria para tornar o trabalho mais produtivo.

A tecnologia para Procuradorias, se implementada juntamente com boas práticas, poderá proporcionar aos procuradores e gestores maior controle e visibilidade dos prazos processuais. A organização de fluxos de trabalho num sistema de gestão, como o SAJ Procuradorias, garante mais eficiência nos serviços prestados ao permitir que o acompanhamento das atividades de rotina seja automatizado.

Outro benefício oferecido pelo SAJ Procuradorias é a integração com a maioria dos Tribunais de Justiça do País. Com as informações processuais disponíveis em uma única ferramenta, o procurador evita a perda de tempo com tarefas operacionais e consegue verificar os andamentos processuais e ter acesso aos prazos em apenas alguns cliques. A ferramenta distribui os processos e os peticiona em lote, o que gera maior economia de tempo dos profissionais.

Ao modernizar a rotina dos profissionais, a tecnologia para Procuradorias auxilia ainda na excelência da gestão do órgão público.

Acesse o InSAJ para conhecer outras boas práticas adotadas por Procuradorias.

Comentar

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados *