IN SAJ

Como a tecnologia aumenta a arrecadação da sua procuradoria

O que o gestor público deve levar em conta na hora de contratar ou adquirir um sistema de gestão para sua procuradoria municipal?

O que o gestor público deve levar em conta na hora de contratar ou adquirir um sistema de gestão para sua procuradoria municipal?

procuradoria municipal

Uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontou: 65% dos brasileiros consideram a corrupção um problema gravíssimo. Em função disso, a população começou a exigir da gestão pública maior eficiência. Isso impacta diretamente na forma como os administradores públicos trabalham. Por isso, a transparência pública passa a ser uma ferramenta fundamental para recuperar a confiança da sociedade. Ela deve ser aplicada em todas as instâncias — inclusive na procuradoria municipal.

Uma das ferramentas criadas para tentar mudar a visão que os cidadãos têm das administrações públicas é a Lei Anticorrupção, de 2013. A legislação prevê a responsabilização administrativa e civil das pessoas jurídicas que cometerem atos contra a Administração Pública. Por exemplo: fraude de processos licitatórios, criação irregular de empresas para licitações e manipulação dos valores nos contratos firmados. Diante desse cenário, os gestores públicos e profissionais que atuam na procuradoria municipal passaram a ser mais cautelosos com os contratos e serviços firmados.

No texto “4 características da procuradoria municipal de qualidade”, apresentamos algumas boas práticas que podem contribuir para a gestão nas procuradorias municipais. Citamos a informatização, a proatividade, o cuidado ao trabalhar com contratos licitatórios, entre outros fatores.

O investimento na informatização da procuradoria municipal também pode evitar que o gestor público seja culpabilizado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A administração pública tem procurado otimizar a prestação dos serviços, mantendo a mesma qualidade, sem gerar mais despesas. Assim, as soluções de TI tornaram-se um bom caminho para dar vazão ao volume de trabalho. Na procuradoria municipal, por exemplo, a informatização pode contribuir para a celeridade no processo de Execução Fiscal.

Mas, o que deve ser levado em consideração na hora de adquirir um sistema de gestão para procuradorias? O cientista da comunicação e especialista em gestão pública, Felipe Durante, selecionou fatores que devem ser considerados.

Confira 3 itens que devem ser analisados na hora de investir em um sistema de gestão para procuradoria municipal

Mapear a necessidade da procuradoria municipal

O gestor deve ter ciência de quais são as dores da procuradoria municipal para analisar se é possível solucionar esses problemas. Afinal, se o gestor não consegue identificar quais são os problemas, como vai procurar soluções? Quando as necessidades são bem mapeadas, é mais fácil medir os resultados e justificar a aquisição do sistema de gestão para a prefeitura. “Contratar um serviço de TI é menos custoso do que admitir pessoas e adquirir materiais de escritório e papel. O investimento em TI se paga ao longo do tempo. Um sistema de gestão de procuradorias ainda resolve problemas comuns com um orçamento reduzido”, explica Durante.

Procurar um software no mercado

Depois de mapear as necessidades da procuradoria municipal, o próximo passo é procurar no mercado a solução. Ela deve resolver os entraves de produtividade e contribuir para a celeridade dos processos na procuradoria municipal. O SAJ Procuradorias, por exemplo, ajudou a Prefeitura de Florianópolis a reduzir o tempo de ajuizamento de 276 dias para menos de 3 dias. Além disso, contribuiu para o salto da arrecadação de R$ 2 milhões para R$ 8 milhões.

Buscar referências em órgãos públicos

As experiências que deram certo em outras instituições têm muita relação com a solução que as prefeituras contratam. Para Durante é importante pesquisar cases de sucesso e buscar experiências em outras procuradorias. Vale também falar com gestores que já utilizam um sistema de gestão de procuradorias. Dessa forma, o gestor terá um entendimento mais aprofundado sobre a qualidade do produto.

Esperamos ter ajudado a contratar um sistema de gestão para a sua procuradoria municipal. Nesse aspecto, recomendamos a leitura adicional do nosso eBook “Novo CPC: como as novas regras influenciam nos sistemas de processos digitais?”.

Comentar

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados *