IN SAJ

Como a tecnologia aumenta a arrecadação da sua procuradoria

Quiz: veja como medir a qualidade da Procuradoria

Quiz: veja como medir a qualidade da Procuradoria

Diagnóstico: Como está a saúde da sua Procuradoria?

Consulte os seus conhecimentos a respeito da rotina de trabalho da Procuradoria em que você trabalha. Veja como medir a qualidade da Procuradoria e como melhorar as atividades de todos.

É fato que a realidade da maioria das Procuradorias no país não é otimista: poucas pessoas trabalhando e muito trabalho acumulado. Por outro lado, são nas dificuldades do dia a dia que surgem as boas práticas. Elas vão desde campanhas para atualização de cadastros até o uso de tecnologias específicas para gestão de processos. Essas boas práticas são fundamentais no momento de medir a qualidade da Procuradoria.

O importante, em qualquer cenário, é estar disposto a repensar as práticas atuais. A qualidade da Procuradoria deve estar focada na melhoria do serviço prestado à administração pública e à sociedade.

Começar o diagnóstico!

A Procuradoria tem papel fundamental na gestão pública. Por isso, é importante que os procuradores e os demais servidores da Procuradoria criem uma dinâmica de trabalho clara, efetiva e ágil. Independentemente do porte da Procuradoria, é possível aplicar boas práticas e colher resultados positivos em pouco tempo. O ponto principal para aumentar a qualidade da Procuradoria é a capacidade de sinergia da equipe, sempre com boa vontade em ouvir uns aos outros e em buscar soluções inovadoras para as atividades do dia a dia.

Para ajudar nessa tarefa de autoavaliação, produzimos este diagnóstico: como está a saúde da sua Procuradoria? O objetivo é fornecer uma visão precisa sobre o espaço em que você trabalha. Ao final, com uma avaliação em mãos, também vamos oferecer algumas dicas para que você tenha mais qualidade na Procuradoria. Isso vai ajudar a alcançar os objetivos, que vão ficar bastante claros ao longo deste teste.

Vamos nessa?

Começar o diagnóstico!

Você tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe abaixo nos comentários! Ah, e não deixe de assinar a newsletter do InSAJ para receber conteúdos completos e atualizados que ajudam a melhorar a qualidade da Procuradoria.

Comentar

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados *