IN SAJ

Como a tecnologia aumenta a arrecadação da sua procuradoria

Por que a contabilidade pública municipal precisa prevenir improbidades em cobranças?

Por que a contabilidade pública municipal precisa prevenir improbidades em cobranças?

Contabilidade Pública Municipal

A corrupção é um dos problemas que mais preocupam os brasileiros, segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

As recorrentes notícias veiculadas na mídia envolvendo casos de desvio de dinheiro público e de sonegação fiscal refletem numa maior insatisfação da população. Os cidadãos acabam associando a corrupção à má qualidade dos serviços públicos. Diante do cenário atual, a contabilidade pública municipal passa a ter um papel fundamental para prevenir e combater crimes na gestão pública.

É preciso garantir maior controle e transparência das finanças públicas para prevenir improbidades em cobranças. Por desempenhar um papel importante no dia a dia das instituições, zelando pela qualidade e pela regularidade na aplicação dos recursos públicos, a contabilidade pública municipal precisa aprimorar os instrumentos de controle. Essa iniciativa é essencial para manter o equilíbrio das contas públicas e garantir um controle eficaz que possa influenciar no combate à corrupção e à improbidade administrativa.

Para isso, é necessário promover inovação na contabilidade pública municipal, medida que pode garantir mais autonomia às prefeituras e mudar a realidade atual. Nesse sentido, buscar uma solução capaz de registrar de forma inteligente a previsão da receita e a fixação das despesas é uma alternativa a ser considerada pelos gestores.

Essa medida pode auxiliar na adoção de boas práticas em algumas das principais atividades que fazem parte das funções da contabilidade pública municipal durante todo o mandato, além de ajudar a promover uma gestão municipal sustentável. Fator que possibilita à administração pública buscar por melhores mecanismos de controle dos recursos públicos.

Confira como a Execução Fiscal pode ser um controle das contas públicas

Tecnologia auxilia contabilidade pública municipal no controle das contas públicas

A adoção de um sistema de gestão para procuradorias, que organiza os fluxos de trabalho de forma personalizada, é uma das tendências mais inovadoras para o setor. Afinal, a partir do uso da tecnologia no ambiente público, passou a ser possível promover uma gestão mais eficaz e com maior transparência das informações tanto para o gestores públicos quanto para os cidadãos.

A clareza e a transparência das informações contribuem para minimizar brechas de desvios dos recursos públicos por meio da corrupção e da improbidade administrativa, que são observadas nas legislações pertinentes. Entre as leis que fiscalizam este tipo de crime, podemos citar:

Ao integrar sistemas de procuradorias à contabilidade pública municipal, os profissionais conseguem se dedicar à proteção e ao controle do patrimônio público contra os atos ilegais, que proporcionam oportunidades para a prática dos crimes de improbidade administrativa e corrupção.

Veja alguns atos de improbidade:

– Atentado contra os princípios da administração pública;

– Enriquecimento ilícito;

– Superfaturamento;

– Lesão aos cofres públicos;

– Favorecimento mediante a concessão de favores e privilégios ilícitos.

Por possibilitar um registro contábil fiel, um sistema de gestão permite tornar os municípios cada vez mais autossustentáveis. A prefeitura passa a acelerar a arrecadação fiscal por meio da otimização nas duas formas de cobrança dos tributos dos contribuintes inscritos na Dívida Ativa: administrativa ou judicial.

Nesse sentido, integrar sistemas de gestão de procuradorias à contabilidade pública municipal pode ser considerada uma ferramenta inovadora para prevenir improbidades em cobranças, mas também para ajudar a promover uma gestão inteligente dos gastos públicos.

Cadastre-se na newsletter do InSAJ para continuar acompanhando boas práticas em procuradorias em todo o País!

Comentar

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados *