IN SAJ

Como a tecnologia aumenta a arrecadação da sua procuradoria

Por que a Procuradoria precisa ser aliada da contabilidade pública?

Por que a Procuradoria precisa ser aliada da contabilidade pública?

contabilidade pública aliada à procuradoria

A tecnologia modernizou a forma como o poder público exerce seu papel na sociedade, impulsionando a construção de uma nova gestão pública, mais inovadora e disruptiva.

Diante de um cenário desafiador, em que o País ainda se recupera de uma crise, aliar a Procuradoria à contabilidade pública pode garantir ganhos significativos em produtividade e otimização dos recursos.  

Ao integrar essas duas áreas por meio de um sistema de gestão apropriado para uma atuação mais eficaz dos profissionais de contabilidade e dos procuradores, amplia-se a autonomia financeira dos municípios. Pelo fato de o sistema de gestão proporcionar maior controle sobre os gastos e os valores ajuizados, passa a ser viável atender às exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal sem depreciar os serviços prestados aos cidadãos.

A iniciativa também garante o equilíbrio das contas públicas e uma gestão mais transparente. Os profissionais da contabilidade e os procuradores fazem um melhor acompanhamento dos processos de Execução Fiscal – medida importante para conquistar aumento na arrecadação do município. Dessa forma, modernizar os processos da prefeitura por meio da tecnologia oportuniza à gestão pública aprimorar os instrumentos de controle para evitar improbidade administrativa.

Entenda por que aliar a Procuradoria à contabilidade pública e quais são os benefícios dessa iniciativa

A  cultura da inadimplência causa um impacto negativo na arrecadação municipal e por isso é importante promover ações que auxiliem na cobrança efetiva dos tributos. Nesse sentido, aliar a Procuradoria à contabilidade pública pode tornar o município autossustentável a partir de um planejamento fiel do orçamento público para promover ações e projetos que beneficiem a sociedade.

Utilizar um sistema de gestão para Procuradorias é essencial para agilizar a cobrança da Dívida Ativa, já que os sistemas da PGM e da contabilidade pública podem ser integrados. Essa iniciativa garante que os profissionais de contabilidade pública exerçam seu poder regulador com maior eficácia, por meio da implementação de práticas inovadoras de gestão fiscal na esfera pública.

Um sistema de gestão para Procuradorias favorece a implementação do processo digital, que oportuniza muito mais agilidade nas PGMs. Esse fator proporcionou ao município de Florianópolis (SC) reduzir em 97,34% o tempo de ajuizamento das ações de Execução Fiscal. Antes do sistema de gestão, a Procuradoria levava cerca de 276 dias para ajuizar as Execuções Fiscais. Com a informatização da PGM, esse tempo caiu para a média de três dias.

A iniciativa também trouxe outros benefícios para a cidade. Em um ano, cerca de 33% dos contribuintes citados em processos digitais buscaram negociação de suas dívidas. Nos processos físicos, esse índice ficou em 2,44%. Isso representa uma negociação de dívidas 13,7 vezes maior.

Os benefícios proporcionados pela adoção de ferramentas inovadoras garantem aos procuradores e aos profissionais de contabilidade pública uma gestão inteligente dos gastos públicos e uma maior fiscalização das contas do município. Assim, o gestor consegue obter uma visão ampliada e realista do orçamento para atender às principais demandas da administração pública.

Acompanhe o InSAJ para conhecer outras boas práticas em procuradorias municipais. Cadastre-se na nossa newsletter e envie sua sugestão de pauta.

Comentar

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados *